sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Boletim natalino

Natal e consumo aqui no Brasil andam bem juntinhos, né? E como em 2011 eu queria me livrar de objetos (ao invés de recebê-los!), achei que ia passar uns apertos. Mas que nada.

Primeiro porque o natal é uma ótima época para fazer doações. Participamos de duas campanhas e despachamos um par de tênis novinhos do Leo, um monte de camisetas e uma gaveta inteira de material escolar.

Segundo porque avisamos para as famílias que, se alguém quisesse nos presentear, preferíamos itens digitais e/ou consumíveis. E combinamos com os irmãos que, no próximo natal, não trocaremos mais presentes. Vamos usar a grana para fazer um programa juntos, o que vai ser muito mais legal.

Terceiro porque alguns dos presentes que demos foram coisas queridas que a gente não queria jogar fora ou vender, mas dar para quem as apreciasse (o que a irmã D. acha muito biltre, mas eu discordo).

No fim das contas, ganhamos bastante chocolate e vales-compra generosos que serão convertidos em muitos livros digitais (das únicas pessoas que acreditaram que a gente realmente queria itens digitais e/ou consumíveis: minhas irmãs). Demos nossa coleção inteira de DVDs para o tio que adora filmes e nossa coleção completa do Machado de Assis para o meu pai, ávido leitor.

Os chocolates foram comidos, os vale-compras estão virando livros, e nossa casa está mais vazia. Bom demais.

3 comentários:

  1. Oi Lud,
    Faz um tempinho que leio seus blogs, apesar de nunca comentar por aqui, gosto mto do jeito que vc escreve! =)
    Com esse seu último assunto de ser minimalista, eu adotei pra mim como resolução de ano novo (pq ainda estamos no período de fazê-las né!). Já andava pensando que não precisamos de uma casa tão grande e vivia enchendo o saco da minha irmã e mãe (que sempre quando podem, compram alguma coisa lá pra casa) desse consumismo...
    Sei que é um processo, vou começar dando uma boa olhada nas minhas roupas, mas quero adotar isso!!
    Beijo, Cami

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cami!
    Acho que é uma ótima resolução de ano novo!
    Talvez, simplificando seu ambiente e sua vida, você convença sua irmã e sua mãe. Pelo exemplo, e não só pelas palavras, sabe?
    Boa sorte e um ótimo 2012 pra você!

    ResponderExcluir
  3. Lud,
    Resolvi te contar aqui mesmo minha nova decisão inspirada pela nossa conversa.
    Para simplificar a vida, resolvi que não vou comprar apartamento nada. Vou alugar um apartamento perto do trabalho. Vou trabalhar na Pampulha a partir de março, e fiquei imaginando o trânsito e a distância. Gastar uma hora pra ir e outra pra voltar do trabalho. Credo! Vou alugar um apartamento lá perto então. O bom de lá é que é baratinho e que, além do trabalho, fica perto do meu tênis no CEU e da lagoa pra eu correr.
    Estou empolgada com a decisão e começando a olhar já!
    Ah... Falando sobre o post... Dei sorte de ter te dado um presente consumível sem nem saber do seu pedido. Hehe... Ufa...
    Beijão!

    ResponderExcluir