quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Como faz?

Eu comecei me livrando dos objetos pessoais que eu usava pouco ou de que não precisava. É simples: se você tem poucas roupas, poucos sapatos e poucos cosméticos, sua rotina fica fácil e rápida. Com o tempo que sobra, você pode descansar, passear, ler, encontrar os amigos. Ou dormir (sempre uma opção válida).

Lá em 2010, decidi que eu não queria mais ser decorativa. Os sapatos de salto, as roupas desconfortáveis e os produtos de beleza foram para o fundo do armário. Então, em 2011, eu estava pronta para me livrar deles. Muito foram doados, outros foram para um brechó, alguns os amigos quiseram. Resolvido.

Essa parte foi fácil. Difícil foi despachar aquilo que ainda combinava comigo. Como roupas que obedeciam às minhas novas exigências. Como toalhas e lençóis. Como livros.

Combinavam comigo, mas estavam sobrando. Não preciso de seis gavetas de roupas e quatro de sapatos. Não preciso de um armário cheio de roupa de cama e banho. Quanto aos livros... bem, isso é outra história.

O meu método não é esvaziar um espaço de uma vez. O que eu faço é ir visitando periodicamente uma gaveta/armário/quarto. Cada vez eu tiro um tanto de coisa. Alguns dias depois, percebo que não precisei nem senti falta. Aí volto para eliminar outra camada.

É incrível como a gente tem objetos. É chocante como eu gosto de juntar tralha. Nesse assunto, o Leo é muito superior: ele não pensa duas vezes para dar fim às coisas. Eu estive bloqueando essa tendência dele (como assim, jogar essa caixa/agenda velha/DVDs usados fora? Dá aqui que eu guardo!), mas agora estou deixando que ela corra solta.

7 comentários:

  1. Ontem eu estava pensando em transformar todos os em arquivos mp3. E, olha, eu tenho MUITO cd.

    ResponderExcluir
  2. O que falta é espaço em casa pra guardar...

    ResponderExcluir
  3. Lud, por que você não faz igual eu estou planejando fazer com os meus livros? Eu vou tentar trocar 2 por 1 em um sebo. Eu estou pensando em fazer isso porque dessa maneira eu tenho algo positivo ao me livrar dos livros, sabe? Eu vou estar ganhando outro livro. E assim, aos poucos, vou diminuindo minha coleção. Mas tem uns que eu vou manter, viu? Meus preferidos... Aqueles que eu já li e sei que vou querer ler outras vezes.
    Eu tenho mais dificuldade com roupas, sabe? Porque eu sou super cuidadosa, então minhas roupas duuuuram. Mas aí tenho um armário lotado. Acho que não preciso disso.
    Oh... Só pra terminar, queria dizer que a conversa com você na semana do natal me fez mudar muitos planos, e agora estou toda empolgada com minhas novas resoluções. Vou te mandar um email te contando!
    Adorando o novo blog!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Daniela,
    a tecnologia é a melhor amiga dos minimalistas! Acho uma ótima ideia transformar seus cds em mp3. Mas é bom tem um backup, né? Já pensou se o seu HD pifa e leva toda a sua música junto? O Leo recomenda um HD externo (cabe muita coisa, é pequeno e fácil de transportar). Mas eu acho que é um trem (observe a mineirice) caro. Deixa eu consultar o marido que eu dou maiores detalhes.

    Fê,
    que ideia boa trocar livros por livros! Vou assuntar nos meus sebos preferidos se eles topam.
    Roupa: já li quem recomende guardar toda roupa que voltar da lavagem com o cabide virado para o outro lado ou em uma gaveta especial. Depois de um mês, dá pra ver o que a gente REALMENTE usa. O que ajuda a tomar decisões, né?
    Adoro novas resoluções! Fico esperando seu email!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Ah, eu tenho um HD externo de 500MB. Comprei na Espanha e por isso me custou uns 90 reais! Mas eu usava só pra guardar filmes, fotos e séries. Eu gosto do cd, do encarte, de olhar os créditos. Mas estive pensando que tem uma penca que eu não olho há mais de 5 anos. Então, né? Não precisa.

    ResponderExcluir
  6. Oi Lud! Adorei esta sua fase minimalista, eu também estou muito interessada em começar a ser minimalista. Concordo plenamente com tudo que você diz.
    Fiquei interessada sobre esta questão de roupas. O que são muitas roupas para você? Quantas peças você decidiu manter? Você viu sobre o desafio das seis peças de roupas que uma jornalista americana fez. Achei tão pouco.

    ResponderExcluir
  7. Débora, o que são muitas peças pra mim? Ótima pergunta. Minha ambição é chegar perto disso aqui:

    http://www.missminimalist.com/2011/03/the-minimalist-wardrobe-aka-the-10-item-wardrobe/

    Mas já sei que eu preciso de mais dois sapatos: um tênis para caminhar/correr e uma bota para os dias de chuva/frio.

    Depois que você falou, fui procurar o desafio das 6 peças/1 mês. É bem pouco mesmo. Mas fiquei tentada, viu?

    Beijos,
    Lud

    ResponderExcluir