sexta-feira, 23 de março de 2012

Desapego e aventura

Quando deixei de ser muito preocupada em relação à minha aparência, todo um novo mundo se abriu para mim. Não estou dizendo que eu não viajaria para o leste asiático na época em que eu achava um pelo encravado na perna uma ofensa pessoal, mas que eu teria mais preocupações na cabeça, além da comida e da cultura diferentes. Como assim, aparecer nas fotos sem corretivo? Usando sempre a mesma roupa? Não posso levar quatro pares de sapato? E as unhas, como vai ser, meu deus?

Parece uma grande bobagem, não? E é. (Estou aqui dando risada.) Sei existem mulheres que navegam sem esforço entre a cara lavada e a maquiagem de baile, mas eu não era assim. Achava muito importante estar sempre maquiada, de salto, na moda. Isso não me impediu de ser ótima aluna e funcionária modelo - não estou dizendo que pessoas arrumadas são burrinhas. Só estou dizendo que hoje eu sou mais feliz.

Hoje em dia meu objetivo é estar adequada à situação. Não preciso ser a mais elegante, a mais fashion, a mais bonita. Isso liberou grandes quantidades de energia e tempo (e um pouco de dinheiro também!). Agora, antes de um casamento, não estou mais entre as pessoas que estão no salão fazendo unha e maquiagem. Fico com a galera que toma umas, toma banho, bota a roupa e vai.

(Batom eu passo no carro.)

3 comentários:

  1. Belíssimo post!

    Eu também abri mão de muita coisa de "manutenção da aparência". Sobretudo quando vim morar na África. Sou a única mulher aqui na Embaixada, então basicamente o estilo que eu usar tá valendo. Claro que ando sempre limpinha, cabelo penteado. Ainda não abro mão do delineador todo dia - sinceramente, minha cara fica estranha.

    Mas agora não passo mais meia hora me maquiando antes de vir trabalhar. O que significa que eu ganhei meia hora a mais de sono! Coisa boa, né? Não tem mais que usar primer, base, sombras (pelo menos 2 tons), delineador, rimel, blush, batom, tudo isso todos os dias!

    Agora eu uso quando vou a alguma festa, fazer alguma coisa diferente. E passa a ter um ar diferente. Antes eu andava tão maquiada o tempo todo que quando era um evento especial não tinha taaaannnnta diferença

    ResponderExcluir
  2. eu passei o curso todo sem maquiagem e sem salto; na festinha de despedida, estava com uma boa vontade extra e fui toda bonita, maquiada, perfumada e de salto. e um dos alunos veio me perguntar, mas por que você não dá aula assim todo dia? a resposta veio na lata - porque eu não preciso ser bonita. ah, que orgulho de não precisar ser bonita! : )

    ResponderExcluir
  3. Eu percebi que complicava o seguinte: usava corretivo pra esconder espinhas, ja tinha 28 anos e espinhas, entao, bora fazer um tratamento correto, final e acabar com as espinahs ne? fiz. acabram. agora acordo, lavo o rotos, filtro e solar e tcharan, to pronto. mt simples, mt simples =)

    ResponderExcluir