terça-feira, 6 de março de 2012

Compras no meu armário

Aqui em Brasília fez um calor danado nos últimos dias. Considerei melancolicamente que seria muito bom comprar umas camisas de manga curta para trabalhar, mas que eu estava impedida de adquiri-las pelo meu compromisso de não comprar nada até sairmos de licença (com exceção de objetos que ajudem na realização do projeto, como leitor eletrônico e livro didático do curso de francês).

Fui espiar no guarda-roupa, aquela caverna misteriosa da qual tanta coisa já saiu, mas que está longe de ficar vazia. Achei, sem muito esforço, dois vestidos frescos "trabalháveis" e duas saias idem. Pronto, estou resolvida para o verão.

Estou percebendo que posso confiar em mim mesma na hora de me desfazer das coisas. Tenho conseguido avaliar que roupa, que livro e que objeto vão ser úteis no futuro, e guardar aquele ao mesmo tempo em que me livro de outros dez.

No caso das saias, deixei várias para o caso de querer começar a usá-las. Já deu para perceber que só tenho paciência com saia no verão, por causa do calor. Ou seja: aquelas duas saias de tecido grosso que redescobri ontem vão direto para a gaveta de doações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário