terça-feira, 26 de junho de 2012

Casa de hobbits

Ainda não nos instalamos e o Leo já está meio aflito com o tamanho reduzido do novo lar. Anda planejando maneiras de não ficar muito tempo em casa, e feliz da vida que no final de julho vamos sair de férias e viajar. Já eu estou tranquilíssima. 

Hoje descobri a razão: deve ser porque o Leo e seus quase um metro e noventa nunca moraram em um lugar pequeno, enquanto eu passei vinte e tantos anos da vida em um apartamento perfeitamente adaptado à altura da minha família.

Eu meço um metro e cinquenta e oito e era a mulher mais a alta da casa. Diante desses fatos, uma amiga já perguntou se eu vinha de uma família de hobbits. 

Não, não venho, mas bem que podemos batizar o novo apê de A Toca.

4 comentários:

  1. Pobre do Leo. deve se sentir mais ou menos como Gandalf quando ia visitar Frodo. :) Sorte aí!

    ResponderExcluir
  2. Estou vivendo um drama oposto ao do Leo... Atualmente, moro em um apartamentinho de dois quartos, que cabe apenas o suficiente (mentira... Temos muito mais que o suficiente)! E ainda nesta semana vamos mudar para um apto grandão... Juro que chego a estar angustiada! Passamos pouco tempo aqui no "apzinho", mas foi o suficiente para eu me apegar! Gostei mesmo dessa vida compacta! E olha que eu não tenho nada de minimalista... Acho que vocês vão se dar muito bem no novo lar!

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre morei em casas e, geralmente, casas beeeem espaçosas, então compreendo a angústia do Leo, (apesar de ter a sua altura). Acho que o que vai acontecer é que vcs dois ficsarão mais próximos. Morar em um ambiente pequeno só dá certo se a gente vive com quem a gente realmente se dá bem. Bom pra vcs!!!! :)

    ResponderExcluir
  4. lud, faz todo o sentido! eu ja' tinha notado que, pra dormir, me adapto em qualquer lugar - de sofa a poltrona :), mas nao tinha pensado que meu amor por casinhas pequenas como as que eu moro hoje em dia tenha a ver com o fato de eu ter 1,53.

    e se perguntaram pra ALTA da familia se ela era de familia dos hobbits... eu teria sorte se me perguntassem se sou da familia dos anoes. nhe'!

    ResponderExcluir