quinta-feira, 12 de julho de 2012

Habilidades domésticas insuspeitadas

Prendas domésticas nunca foram o meu forte, nem o do Leo. Sempre tivemos diaristas. Hoje em dia penso que lavar, limpar e cozinhar são habilidades utilíssimas, e que posso muito bem usar meu cérebro avajantado (ahem) para dominá-las.

Admitamos que os skills do Leo são maiores que os meus. Num RPG, eu teria uns - 2 e ele, pelo menos uns 4. Ele cozinha um pouco, sempre operou a máquina de lavar, sabe trocar chuveiros e fazer compras no supermercado. Quando sou eu, compro um tablete de chocolate e um pacote de pipoca de microondas e acho que temos comida para uma semana.

Agora que moramos num quarto-e-sala, decidimos trocar a despesa de uma faxineira semanal pela despesa da lavanderia. Eu explico: temos um tanque escondido atrás de uma grande porta branca, mas nada de máquina ou varal. E a faxina pela qual pagamos 65 reais foi tão ridícula que pensei seriamente em começar a  limpar as kits vizinhas depois do expediente, já que por "limpar kits" entenda-se jogar água no chão e esperar ela secar sozinha.


Isso significa que vamos experimentar limpar o apê nós mesmos. Temos ido bem, e a área reduzida ajuda. Além disso, estou achando que não vale a pena levar toda e qualquer peça de roupa para a lavanderia, porque ela é careira. Então, eu pego meias, pijamas e roupas de caminhada, jogo em uma bacia cheia de água e uma quantidade aleatória de sabão em pó, deixo de molho e esfrego alegremente. Meus bracinhos doem durante o processo, o que quer dizer que esfregar e torcer é um ótimo exercício.


Sim, eu sei lavar roupa. Nem me lembrava disso, porque aprendi quando era criança, brincando na área de serviço, mas não que é que a técnica (é, é fácil mas tem técnica) ressurgiu dos pântanos da memória. 

As tarefas domésticas estão sendo divididas naturalmente, conforme as inclinações de cada um. Isto é, o Leo varre, passa pano no chão, lava a louça, faz as compras; aí eu fico com vergonha e corro para tirar o lixo e lavar as roupas.

E cuido da decoração, é claro.

11 comentários:

  1. Menos espaço naturalmente ajuda a não acumular muita sujeira, e a vantagem de limpar a sua kit é que acaba logo ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo! O Leo limpa a kit num instante, rs.

      Excluir
  2. Não tenho diarista há um ano e meio e levo a coisa tranquilamente. Sò que há vinte dias fiz o caminho inverso ao seu: saí de uma kit de 32 m2 no sudoeste para um 2-quartos em Águas Claras. Vai daí que a casa dá bem mais trabalho e estou desenvolvendo uma rotina de limpeza (baseada no FlyLady) pra deixar tudo sempre arrumadinho. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, fui investigar esse FlyLady e parece bacana! Obrigada pela dica!

      Excluir
    2. O FLY é bem legal mesmo, Lud. Acho que você vai gostar. Eu pego umas dicas bem legais no http://vidaorganizada.com/ também.

      Excluir
  3. eu cresci em uma casa feminista onde serviços domésticos eram considerados algo não digno - ou sei lá, mas o fato é que mamá nunca quis passar uma vassourinha no chão e cozinhar era só em dias de festa, e olhe lá. sempre tivemos empregada. quando fui morar sozinha, meus pais pagavam uma faxineira/lava/cozinha/passa uma ou duas vezes por semana. até os meus 28 anos, nunca cozinhei, nem lavei, nem passei. praticamente nada. recentemente, descobri que cozinhar é super legal e me senti, de verdade, independente pela primeira vez quando consegui cozinhar coisas comíveis. "agora posso ter um filho", pensei (porque antes disso eu pensava que depois do desmame meu filho ia morrer de fome ahahahahaha). e agora faço as demais tarefas domesticas numa boa. a única coisa que eu realmente odeio é passar roupa. contraditoriamente, cada vez odeio mais roupas de tecido sintetico, o que significa que meu armário é cada vez mais amassável. ou seja, serei forever and ever dependente de alguém que me passe as roupas. (tenho uma fantasia louca que o ferro pulará em mim, paúra mesmo. abafa.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ambiciono muito aprender a cozinhar. Tá na lista.
      (Quando eu tinha planos de ter filhos, eu também tinha medo deles morrerem de fome, rs.)

      Excluir
  4. Eu tenho uma pessoa, a "santa Rose", que está mais pra amiga querida do que pra empregada. tenho 5 cachorros, uma casa antiga e pequena mas que fica num terreno beeeeeeeem grande e pouquíssimo tempo. Gente, eu não abriria mão da Rose. Ela vem 4 horas por dia, todo dia e eu amo ela demais, sério! Pra ficar sem a Rose, só mudando para um ap de no máximo 2 quartos e sem cachorro (tá, no máximo um cachorro bem educadinho, vai!). Agora, sei fazer todas essas coisas se precisar, claro. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, 5 cachorros? O Leo invejou!
      Ainda chegaremos a seu nível de habilidades, Marina. Abraço!

      Excluir
  5. Máquina de lavar roupas é vida.

    ResponderExcluir