quarta-feira, 1 de agosto de 2012

A Grande Cooperativa de Amigos

Uma maneira fácil de ser minimalista é ter amigos e pedir emprestado para eles coisas que você não quer comprar. O problema é que essa tática só funciona quando seus amigos não são minimalistas e não moram em apartamentos quarto-e-sala para economizar para uma grande aventura, e isso me deixou me sentindo um pouco egoísta.

Logo pensei em uma solução: fazer uma cooperativa de amigos minimalistas. Aí cada um teria só um objeto útil que é usado de vez em quando, como furadeira, grampeador industrial ou aparelho de fondue. Além de ninguém precisar de comprar e estocar um monte de ferramentas e eletrodomésticos, a gente estaria sempre se encontrando e trocando favores. Eu me candidataria para ser a guardiã do aparelho de fondue e ninguém derreteria queijo em sua casa sem me convidar.

* * *
As leitoras me deram a dica: tem várias pessoas no mundo falando e pensando sobre consumo cooperativo, que é a ideia por trás da grande cooperativa de amigos. Uma delas é a Rachel Boltman. Vejam um vídeo muito bacana clicando aqui.

10 comentários:

  1. Lud, encontrei tantos aparelhos de fondue e nenhuma etiquetadora que entraria nesse grupo seu... rs... se morasse perto... beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ziula,
      de fato, aparelhos de fondue estão dominando o mundo, rs. Dei o meu para a minha mãe... e ela já tinha um!

      Excluir
  2. Oi Lud,

    Puxa que idéia legal viu!! Seria tão legal mesmo, todos economizaríamos na grana e no espaço de armazenamento...tem muita mesmo que usamos só esporadicamente como vc falou, ferramentas, máquinas de cortar grama, lavadoras de alta pressão, jogos de jantar refinados, faqueiros...
    Se eu morasse perto de vcs estava dentro!!!

    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jane,
      depois de fazermos a primeira cooperativa de amigos com sucesso, podemos implantar a ideia em todo o Brasil!

      Excluir
  3. É bem bacana essa idéia.
    Tem o site http://www.descolaai.com que faz trocas e empréstimos, temo http://www.freecycle.org - acho que existe mais sites do tipo consumo colaborativo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ashen,
      Legal o Descola aí!
      O Freecycle é muito bacana. Faço parte da comunidade do DF. Mas a lista tá meio desanimada...

      Excluir
  4. Eu posso emprestar a panela de fondue, a furadeira e malas para quem quiser!!! É mesmo uma boa! Faço parte do "Descola aí" mas nunca usei realmente. Não acho que deva se sentir egoísta: seus amigos vivem como vivem por escolha própria, ué! Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina,
      é verdade. Mas eu não queria que meu estilo de vida minimalista dependesse dos amigos manterem seu estilo de vida consumista, sabe?
      O plano é trazê-los todos para o lado negro da Força, mwahaha.

      Excluir
  5. Lud, há uns dois meses atrás eu vi esse livro e quis comprar, ainda não comprei hehe, mas trata disso e achei interessante o assunto. Quando li o post lembrei dele.
    http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/3674783/o-que-e-meu-e-seu-como-o-consumo-colaborativo-vai-mudar-o-nosso-mundo/

    ResponderExcluir
  6. Cami,
    legalíssimo esse livro!
    Pesquisei sobre a autora e ela tem um vídeo no TED (Ideias que vale a pena espalhar). No site dela (www.rachelbotsman.com) tem um vídeo muito interessante sobre o tema. É em imglês, mas depois que a gente aperta o botãozinho "Share", aparace à esquerda um menu de legendas em várias línguas, inclusive português.

    ResponderExcluir